Quarta-feira, 11 de janeiro de 2017, 11:42

Madonna rejeita críticas que recebe pela idade de seus namorados

Em entrevista à 'Harper`s Bazaar', na edição de janeiro, a cantora disse que tudo que faz incomoda as pessoas

AFP

Aos 58 anos, até mesmo uma lenda da música pop como Madonna pode se sentir oprimida pelo sexismo vigente e por aqueles que reprovam a juventude de seus amantes. "Me senti oprimida", admitiu a cantora à revista Harper's Bazaar."Em grande parte se deve ao fato de que sou mulher, mas também porque me nego a levar uma vida convencional. Criei uma família pouco convencional", afirmou Madonna, acrescentando: "Tive parceiros sexuais que eram três décadas mais jovens que eu. Isso incomoda as pessoas. Tenho a impressão de que tudo o que faço incomoda muito as pessoas".

Relacionadas:
Playlist: ouça hits de Madonna

A artista, que marcou o ritmo dos anos 1980 com Like a Virgin, esteve sentimentalmente vinculada a homens com menos de 30 anos e não escondeu isso. Entre eles, o modelo marfinense Aboubakar Soumahoro, o dançarino francês Brahim Zaibat e o holandês Timor Steffens.

Madonna, que tem quatro filhos e foi casada duas vezes, contou que também é alvo de sexismo quando lhe perguntam, frequentemente, por que ela continua em atividade como artista. "Por acaso alguém chegou para Picasso e disse: 'Ok, você têm 80 anos, já não pintou quadros demais?' Não. Estou tão cansada dessa pergunta", afirmou.

A cantora, que no ano passado fez uma turnê mundial para promover Rebel Heart, seu último álbum, estará novamente na frente das câmeras para realizar o filme Loved, cujo roteiro foi escrito por ela, inspirado no romance de Andrew Sean Greer The Impossible Lives of Greta Wells.

Madonna

Madonna em Nova York no evento de música, em dezembro de 2016/Foto: Angela Weiss/AFP

Tags: [[foreach oTag in tags]] [$ oTag.tag $] [[/foreach]]